Adaggio

Aê, aê, aê, aê
Sambô, sambô
O Guri, só gingô
No gingá, o lê-lê
Balançá, balancê
Nega fulô, cadê ocê
Cadê, cadê
O Gingado da fulô
No reisado dormitô
Dominô a dor de amô…

Amô amô, o minino sambou
Na roda da saia
Gingava e pulava
Coração sofredô…

Ô mamãe, ô mamãe
Me diz o nome da fulô
Que me dominô
Me conquistô
Me fez gemer de amô!
O nome da fulô
Me diz por favô

Vô gingá, vou gingá
Na roda da saia
Cair na gandaia
Pra poder, pra poder
Beber da navaia
Suingá

*********************************

Não costumo fazer propaganda…

Mas, cês bem que podiam dar uma olhadinha no Morango com Gengibre. As histórias da Menina estão show e estão me emocionando.

Boa leitura

Anúncios

3 pensamentos sobre “Adaggio

  1. Deu até uma vontadezinha de dançar… mas vontade é uma coisa que dá e passa!

    * Não costuma fazer propaganda DOS OUTROS!! Pq sua mesmo… 🙂

    Até breve, Poeta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s