Pra dois Amantes

Sei que o beijo se renova
E entorpece o amor
Enriquece a alma
Finda no meio-termo
Entre a segurança e a glória

Sei que a saudade se intercepta,
Refigura, re-observa, trucida
Mas, ao mesmo tempo colabora
Pro gosto agradável do beijo teu

Sei que quando vejo-te
O mundo se mistura a outros mundos
A outras flores, universos
Que se fundem em nós
No amor e na constância

Livres, finalmente, para ver,
Tocar, sentir, observar de perto
Musos que se espelham
Flores que se descortinam
No mesmo vaso, por horas
Dias, semanas

Até que nos separemos na noite
das saudades

*******************************************

Vocês merecem…

Anúncios

9 pensamentos sobre “Pra dois Amantes

  1. Porra, poeta, estamos a menos de vinte dias do segundo turno, onde o futuro deste país será literalmente decidido, e você me vem com um poema para dois amantes! O que vai acontecer dia 29 é sério! O ideal que vencer vai durar bem mais que quatro anos, precisamos saber muito bem o que estamos fazendo…

  2. LINDOOOOO!
    Aliás, isso não é coisa que se faça com gente apaixonada! …
    Brincadeira.
    Saber que tem alguém que consegue se exprimir dessa forma é realmente… realmente… DEMAIS!
    Principalmente se tratando de alguém que parece um tanto quanto doido no MSN. 😛
    Sem ofensas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s