Mão

Vidas seguem rumos,
Plásticas novidades
Nas asas de viagens
De novos Gulivers

Mãos fechadas envoltas em pele
Disfarçam os véus de olhares impetuosos
Flamejantes, em busca de outros
Outros intrépidos incestos
Outros áses de ouros
Escondidos nas mangas do tempo

Desejo ardente de mulher
Que se confunde com o frio do granito
Esquecido na cozinha
Antes da satisfação permanente
Luxúria

Anúncios

5 pensamentos sobre “Mão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s