Morena

 

Luz do sorriso

Peça que a peça

Não me mereça

Ou não aconteça.

Pode ser fácil

Pode não ser

Onde a cabeça

Se esqueça

Vai ter dendê

Ou futebol

Conheça o sol

De novembro

É Mamulengo

Cortanto o ar

Sambolalá

A mulata vai suspirar

No meu salto

Tropas de assalto

Céu de Odessa

Peça que a peça

Pode quebrar

Tropa de elite

Samba-sulfite

Tamborilá

No meu dedo doente

Ó o decote indecente

Ó a estrada supimpa

Olha a dor de barriga

Menina quer me chupar

A boneca inocente

Quer suspirar a semente

Quer dividir o meu leite

Quer batizar o meu pé…

Samba menina

Roda a cachola

Senta no colo

Vem me beijar

Samba menina

Meu abandono

Cabou com meu sono

Não pode parar

Samba menina

Deita na rede

Cai que nem peixe

Na lábia do meu orixá…

Anúncios

6 pensamentos sobre “Morena

  1. Morena, cidade brejeira, cheia de luxo e sentimento/ Não ficando apenas na armação de concreto/ de futebol ou, de samba…/Cidade Morena, ama pessoas/ lindo sentimentos, que não é apenas o concreto; muito menos o querer ou, apenas o balanço…/ Trás em seu bojo mais que Amor…
    Beijos doces. Lindo Poema….

  2. tens uma sensibilidade incrível! ahhh coisa de poeta mesmo!
    depois papeamos para contar as novas…
    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s