Nada é a luta

Ontem a noite

Pareceu ternura

E a lua

Iluminou

O extenso firmamento

Luz sobre  cimento

Liberdade e dor

E meu coraćão sentido

Orgulho ferido

Morte e sensatez

Motor do silêncio

O meu corpo lento

Mãos que configuram

A total simplicidade

A vaga luta da verdade

Contra o cais…

A onda quebra o mar

A onda quebra o mar

A onda a te levar

A onda a te tragar

A onda te sorri

Aonde queres ir

Aonde vais morrer

Aonde vou te enterrar?

Anúncios

2 pensamentos sobre “Nada é a luta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s