O primeiro Rock and Roll star…

Esse é um post maluco sobre um assunto maluco. Então, se você não gostar dele, tudo bem, eu entendo, ok?

Primeiro, desculpem a sumida. Eu estava vivendo a vida real, fora desse ambiente bloguístico onde eu posso falar o que eu quiser. Teve momentos bons, momentos muito bons e momentos razoáveis. Mas é sempre bom tentar ser um ser social. Ruim é quando as pessoas não entendem suas tentativas e te acham um escroto…

Mas então, quando eu vivo, eu viajo. E nessa viagem, eu me perguntei: quem é o primeiro roqueiro da história? Bom, como todos vocês sabem, eu sou um matemático e [como talvez alguns de vocês não saibam] matemáticos gostam de definir as coisas direitinho. Então, pra mim, um roqueiro é uma coisa mais ampla do que ser uma pessoa que toca rock ‘n roll. Estou errado? Bom, para algumas pessoas esse caras aí são roqueiros:

Figura 1 – Puta falta de sacanagem

Pra mim, certamente não…

Então, elaborei uma lista de pré-requisitos para os candidatos a rock ‘n roll star:

  1. Mexer com música (óbvio);
  2. Ter uma atitude contestadora com relação aos valores da sociedade onde estão inseridos;
  3. Ser genial na sua música, contribuindo para que outras pessoas façam música melhor;
  4. Viajar legal, de preferência com sexo e drogas.

Ok, como vocês podem ver, os meninos da foto não atendem a nenhum dos pré-requisitos. Por outro lado, pessoas que não são roqueiros (strictu sensu) também podem entrar nessa classificação. Quer ver um exemplo?

Figura 2 – Esse cara enxerga longe

Sim, ele não toca rock ‘n roll, mas atende todos os pré-requisitos. Então, pra minha definição ele é roqueiro e ponto final. Se você acha que tem uma definição melhor, escreva seu próprio post viagem (hehehhe) ou escreva nos comentários.

Na verdade, eu estou fazendo isso pq a atitude rock ‘n roll é mais antiga do que o rock em si. Ela é algo que sempre esteve na humanidade, esse lance de contestar, de ser do contra, de bater de frente. O rock se tornou Rock, pois ele sintetizou sentimentos que estavam latentes na humanidade e tornou-se comercial o suficiente para ser rentável e conhecido em todo o planeta. Sim, sem dinheiro não teria rock ‘n roll, então parem de baixar CDs piratas.

Mas então, aí vem a pergunta, quem seria o primeiro? Seria esse cara aqui?

Figura 3 – like a rolling stone…

Ok, ele definiu o termo rocanroul, é genial e etc, mas não acho que seja o primeiro. Vamos tentar de novo…

Figura 4 – vulgo ricardito…

Sim, sim… embora eu não ache ele musicalmente tão bom assim. Mas que tal a gente viajar maaaaaais um pouco? Vamos lá, façamos um esforcinho…

Figura 5 – ok, a nona sinfonia é rock ‘n roll total

Hoho! Agora sim, estamos começando a chegar lá. Beethoven foi totalmente roqueiro. Olha esse cabelo! Olha essa cara, essa atitude! Se fosse hj talvez ele tocasse no Scorpions! Mas podemos ser mais ousados, não?

Figura 6 – Amadeus

Isso! A flauta mágica é o mais próximo que chegamos do Jimmy Hendrix antes da invenção da pedaleira! Esse cara foi foda, teve uma vida foda, mexeu com a sociedade, mudou o mundo e fez muuuuuuuito sexo, além de ter morrido jovem e na merda! Sim, Mozart era roqueiro. Mas será que foi o primeiro?

Ok, vcs vão me zuar, mas eu acho que o primeiro roqueiro foi ninguém mais, ninguém menos que PITÁGORAS!

Figura 7 – Tio pit

Ok, ok, leram até agora, então vamos até o fim. Porque eu acho que Pitágoras foi o primeiro roqueiro? Para isso, precisamos entrar na história grega e mostrar que ele cumpre todos os pré-requisitos pra ser considerado um roqueiro. Vamos lá?

  1. Pitágoras era músico

Você não sabia disso, não é mesmo? Ok, a escola deixa de lado as coisas interessantes para que você pense que o conhecimento é uma bosta e vc não vá atrás dele, continuando um burro estúpido que acha que é chique não gostar de matemática e dos matemáticos. Pois então, não só Pitágoras era músico como ele inventou a música ocidental. Exagero? Não.

De fato, a base de qualquer música é uma coisa chamada escala. Escala é uma sequência de notas, harmonicamente conectadas, em cima das quais você faz o seu som. Existe a escala ocidental que você já conhece. Sim, é o do-re-mi, grosso modo…

Ela não é a única escala que existe, mas com a escala ocidental você pode fazer coisas como isso aqui:

Uma escala é uma espécie de regra de como você pode combinar os sons. Combinando esses sons convenientemente vc tem harmonia, seu ouvido gosta, é bonitinho e traz emoção.

Mas, antes de Pitágoras não existiam leis para governar a música. Ele descobriu que entre os sons que se “encaixam” existem razões iguais às razões entre os números naturais. Bom, pra quem não se lembra, razão entre números naturais é uma coisa chamada números racionais. Então, para Pitágoras, números racionais tinham SOM. Isso mesmo, para um bom matemático que também é músico, as razões entre as freqüências das notas são razões entre números e você pode imaginar música como um conjunto de operações matemáticas.

Complexo? Não se você faz música. As operações entre os números traduzem sentimentos que são usados na composição musical.

  1. Pitágoras era contestador pra caralho!!!!

Ok, mas vc acha mesmo que Pitágoras ia deixar essa idéia de razão entre números só na música? Ledo engano. Com efeito, para Pitágoras, tudo era número. Tudo, cacete. TUUUUUUUUUUDO. Então, o universo era feito de partes indivisíveis que se relacionavam entre si por números. Pitágoras acreditava que uma música universal regia as coisas do universo e era entendo a música que se entendia a criação. Caralho, muito zuado isso…

Achou isso viagem? E era! Mas um monte de gente embarcou na dele. Ele criou uma sociedade secreta, de filósofos e matemáticos para entender a música da natureza, chamados pitagóricos. Ah, vai dizer que isso não é coisa de roqueiro?

Ele foi perseguido por isso. Por outro lado, pessoas viajavam o mundo para conhecer e aprender com Pitágoras a compreender o mundo. Ele acabou virando um cara muito influente…

E, se você não acha que o mundo é governado por números, experimente ficar dez minutos sem eles. Não conseguiu? Dez segundos? Um segundo? Não, filho, na sociedade de hoje você não vive um segundo sem número. Você não pode tirar eles da cabeça nem de perto de vc. Tudo é modelável, tudo é numerável. Tudo é número. Então, Pitágoras tava certo, ok? Os economistas agradecem.

  1. Ele criou música

Sim, ele desenvolveu música em seu trabalho. Os pitagóricos, como sociedade secreta, podiam se reconhecer pela harmonia dos sons. Sem eles, muito da filosofia ocidental não existiria.

  1. Sexo e drogas rules

Na sociedade grega o sexo era bastante permissivo. Digamos que os pitagóricos não faziam só matemática quando estavam sozinhos, hehehehe. E também havia bastante droga…

 

Ok, mas o que isso tem a ver com o teorema de Pitágoras? Nada, a escola tem a capacidade de tirar de um assunto tudo o que ele tem de interessante. Você não passaria a dar mais importância ao que um cara produziu se soubesse um pouco como ele viveu?

Então, nós matemáticos não somos seres alienígenas, cheios de estereótipos. A gente simplesmente enxerga coisas que a maioria das pessoas não vê. Isso não nos torna especiais, apenas é parte de nosso trabalho. O mundo é o que é por causa do trabalho solitário de dezenas de matemáticos, como o Pitágoras, que deram as bases de sustentação para o nosso desenvolvimento econômico e cultural.

Então pra mim o primeiro roqueiro foi um matemático sim, mas não só isso. Sabe por quê? Porque uma pessoa não é uma coisa só. Classificar alguém, rotular, é o primeiro requisito para desumanizá-la. Pitágoras foi um matemático, filósofo, homossexual, visionário, músico, etc, etc, etc. Eu sou um poeta, matemático, anarquista, contestador, cientista, etc, etc, etc. E você? O que você é? Já pensou nisso? Talvez olhando ara a vida de outras pessoas você perceba.

P.S.: Esse trabalho foi levemente inspirado por esse cara aqui, que é um puta matemático e um puta muitas outras coisas. Amigo, eu penso em você sempre, tu é foda… Abraço do fundo do coração dos seus amigos aqui do Brasil que sentem saudades de ti.

 

 

Anúncios

18 pensamentos sobre “O primeiro Rock and Roll star…

  1. Que post maneiro, Poeta! Maneiríssimo! Ri demais do seu comentário sobre Beethoven poder ser dos Scorpions e ri mais anda de você ter dito que Mozart morreu jovem e na merda!

    E cara, acredita que eu já sabia disso? “Mas, antes de Pitágoras não existiam leis para governar a música. Ele descobriu que entre os sons que se “encaixam” existem razões iguais às razões entre os números naturais. Bom, pra quem não se lembra, razão entre números naturais é uma coisa chamada números racionais. Então, para Pitágoras, números racionais tinham SOM. Isso mesmo, para um bom matemático que também é músico, as razões entre as freqüências das notas são razões entre números e você pode imaginar música como um conjunto de operações matemáticas. ” FODA! Meu professor uma vez comentou isso e eu fiquei super O_O, mas ainda não sou fã de matemática, só dos matemáticos, haha.
    E pow, nunca pensei nessa coisa de “quem foi o primeiro rockeiro” ou “o que é um rockeiro”, mas eu não acho que os caras coloridos sejam, então empatamos.

    Você é foda, flw? Muito foda mesmo! Já disse que pago um pau né? Haha.

    Até o próximo post, Poeta! Beijão.

  2. Pingback: Tweets that mention O primeiro Rock and Roll star… « Poeta Matemático -- Topsy.com

  3. Também penso que o rock é mais uma postura do que simples estilo musical. Todos os citados são de fato bastante “rock n’roll”, que na verdade surgiu de uma junção de 3 estilos diferentes. O rock até hoje se reinventa sugando outros estilos. Um dia tudo será rock n’ roll, ou terá um pé de influencia.

  4. Haha, botei fé… Eu ia xaropar dizendo que Pitágoras não era tão mente aberta assim já que os pitagóricos mataram o sujeito que provou que raiz de 2 é irracional, mas eu boto fé que ele foi contestador à sua maneira. Agora falta a versão oriental da história do rock’n’roll!

    Valeu pelo anúncio do meu blog!

  5. Pingback: 400 « Poeta Matemático

  6. Simplesmente muito bom!

    Cada dia aprendo mais sobre essa “mistura de expressões” chamada rock…
    Perdi muito tempo ouvindo merdas que não vale apena citar aqui, mas agora aprendi e aprendo cada dia mais!
    Excelente seu post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s