Da arte de ser feliz

O que quer que eu te diga? A vida é simples, beibe. Nascer, crescer, se fuder, envelhecer, se fuder mais e morrer. Por isso eu cheiro, entende? Eu gosto? Claro que não. Mas a vida é uma bosta, guria, então é melhor ficar chapado o máximo que agüentar.

O que eu sinto? Tu não entendeu mesmo, né? O lance é o que eu não sinto. Não sinto a porra do ventilador quebrado quando eu preciso de frio, nem a conta de luz atrasada. Não sinto pena, nem medo, nem dor. Não sinto nada. É como se eu estivesse boiando num mundo de sonhos.

No começo é prazer, saca? Um prazer indescritível, uma sensação de gozar pra caralho. E quando tá nisso é bom, ficar naquilo muito tempo, curtindo a lombra de ser nada no mundo. Mas depois de um tempo tu vê que o que rola mesmo na parada é muito mais do que prazer. O prazer é efêmero e secundário. O que mais torna o lance maneiro é fugir. Fugir, sacou? Não ligar pra porra nenhuma, subir na corda bamba e não se importar de cair, porque nesse mundo louco cair é que o menos importa.

Aí tu toma coragem, saca? Toma coragem de ser feliz. Quando tu tá chapado é invencível. É como se tivesse um exército de diabos te protegendo pra você fazer o que quiser. E aí, bicho, não tem medo não. Tu vai e faz. Aquela guria que você gosta, mas não tem coragem de dizer? Aquela vontade louca de não levantar da cama, de encarar a própria mediocridade? Tudo some, tudo vira pó…

Às vezes eu me pico. Não sabe o que é pico? Supergirl, Mulher Maravilha: heroína. O pico é muito bom. Uma sensação do caralho. O pico dá uma viagem muito louca. Mas acaba contigo. Quando some o pico tu se sente o merda. Sim, artigo definido.

Mas aí eu ligo o som e viajo. Boto a trilha sonora do Pulp Fiction e fico viajando. Ninguém me segura. Eu sou um personagem do Tarantino, pronto pra tudo, pronto para a morte.

Medo de morrer? Eu? Ah, nunca! Eu vivo, porra, eu vivo agora. Não sou que nem esses merdas que acham que vão conseguir a eternidade nos seus filhos. Eu sei que não vou durar. Mas que se foda. Se eu tiver medo é só do pó acabar e aí eu vou ter de viver a vida de verdade, a vida que todo mundo vive, encarando seus problemas todos os dias.

Meu sonho é um mundo onde todo mundo possa viver doidão. Ah, tá longe disso não. Tem droga em tudo que é canto. Droga no frango, droga na novela, droga no alface. Droga até no teu rabo. Aí todo mundo ia me entender.

Cara, quem já tomou um bom pico me entende. Só quem já tomou um bom pico e ficou com os olhos abertos curtindo a sensação sabe o tanto que essa porra é boa e o tanto que a vida desses merdas caretas é ruim.

Mas às vezes eu penso. Tem gente que diz que eu tô me enganando. Porra, eu tô mesmo, eu sei! E quem acha que pode ser feliz nesse mundo cão: vai fundo! Mas ser feliz é uma escolha. Eu escolho não querer ser algo que eu nunca vou ser. Pode chamar isso como quiser, mas pra mim isso tem um nome: sabedoria.

Então, guria, não me olha assim. Me aceita como eu sou, do jeito que eu sou, porque eu não tenho remédio, eu não tenho jeito. Eu escolho ser assim.

Não chora, guria. Não, não chora. Toma um pico comigo e vc vai ver que logo logo essa dor passa e fica tudo muito melhor. Não chora, guria. Me aceita, me beija e deixa a vida rolar do jeito que for. Não, guria, não é só com a gente que é assim. Todo amor é assim, uma loucura. Todo amor é um pico, um monte de picos e vales, passando tão rápido que a gente fica um pouco desnorteado e perdido sem saber muito bem o caminho…

 

 

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “Da arte de ser feliz

  1. Cara eu ri demais ! UAHSUAHSUAHSUAHSU

    Eu sonho muito em me picar mais só não fiz isso pq não acho Heroína aqui n RJ cara … gostaria de saber onde posso encontrar aqui na Zona Norte … bom pico de novo , mais isso ficou engraçado !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s