Presídio

Navegadô

Quem é o sinhô

Que me mostrô, que é o mar?

Navagadô

Seu timoneiro

Dançô, dançô

Trabalhadô

Vem das areia

E pronde vai?

Vou te levar

Pronde é que vô?

Navegadô…

Eu vou entrar

Na embarcação

Vou navegá

Sem direção

Quando chegá

Será verão

No Equadô

É sempre bão

Vai tê festança

É São João

Nosso Sinhô

Vai me ajudá

É a fogueira

A crepitá

E os meus lábios

A suplicá!

Navegadô…

Vamo simbora

Pralém mar

Levanta as vela

E navegá

Pusque só o vento

Pra me levá

Longe de mim

Longe da dô

Que tem assim

Que dói em mim

Pobre de mim…

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=oHKAAt_jDmE%5D
Anúncios

Um pensamento sobre “Presídio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s