Justiciamento

Um certo vício

Uma hecatombe programada

Um certo ócio

Uma desculpa esfarrapada

Um riso fácil

E a palavra não diz nada

Um fogo tácito

Uma cidade escancarada

A flor de Lácio

E o inimigo pela estrada

É tudo sádico

Outra história mal contada

Um furor mágico

A fuzilar a madrugada

Um novo cântico

A velha arma engatilhada

O som do pânico

O corpo frio na encruzilhada

 

 

 

E o silêncio a espalhar a novidade.


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s